A modernização da Rede de Distribuição de Energia Elétrica através da IoT (Internet of Things)

Dois projetos de lei foram apresentados no congresso nacional visando a modernização da distribuição da rede elétrica de forma inteligente, através da IoT (Internet Of Things)

Energia elétrica e a internet das coisas
Compartilhe:

No Congresso Nacional foram apresentados projetos de lei para implantar medidores de consumo de energia elétrica digitais (conhecidas como smart grids), em substituição aos mecânicos, nas redes de distribuição de energia elétrica.

Dois projetos com um mesmo propósito

De um lado, o projeto de lei n. 2932/2015 que trata do Plano Nacional de Redes Elétricas Inteligentes. De outro lado, o projeto de lei do Senado n. 356/2017 incentiva a modernização das instalações do serviço de distribuição de energia elétrica.

A finalidade das propostas legislativas é equipar as concessionárias e permissionárias dos serviços de distribuição de energia elétrica, com sensores inteligentes, para melhorar a eficiência da rede, a segurança no fornecimento da energia elétrica, com a redução do tempo de restabelecimento do fornecimento de energia elétrica, a redução de perdas, o gerenciamento do consumo pelos consumidores, entre outras.

A implantação de dispositivos de tecnologia digital nas redes de energia elétrica tem o potencial de melhorar a comunicação bidirecional entre as empresas distribuidoras de energia elétrica e os consumidores. Este mercado de aplicações de internet das coisas (IoT), no âmbito das redes de distribuição de energia elétrica, tem o potencial para atrair significativos investimentos na fabricação e comercialização de medidores digitais, com a geração de novos negócios.

Compartilhe: